Publicidades

29/08/2020 | 19:07 | Esporte

Com gols de Galhardo e Boschilia, Inter faz 2 a 0 no Botafogo e segue líder do Brasileirão

Time colorado garantiu a vitória na primeira etapa, no Rio, em jogo que teve o VAR em ação

Ricardo Duarte / Inter,divulgação


O Inter teve uma atuação digna de líder do Campeonato Brasileiro  e venceu o Botafogo por 2 a 0 na tarde deste sábado (29), no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro. Os gols colorados foram marcados por Thiago Galhardo e Boschilia, no primeiro tempo. O time carioca chegou a balançar as redes duas vezes, mas teve os gols anulados após ações do VAR.


Com 15 pontos, o Colorado não poderá ser ultrapassado por nenhum clube no complemento da sexta rodada. O Inter volta a campo na quarta-feira (2), às 21h30min, para enfrentar o Palmeiras, no Allianz Parque. 


Diante da série de desfalques no ataque com as lesões de Guerrero, Pottker e Yuri Alberto e a contaminação por covid-19 de Peglow, o técnico Eduardo Coudet voltou a uma ideia do início da temporada para enfrentar o Botafogo. O argentino apostou no compatriota D’Alessandro para ser o companheiro de Thiago Galhardo no setor ofensivo deixando Marcos Guilherme como opção para o segundo tempo. 


O Inter iniciou o jogo com a postura que se espera de um líder do Brasileirão. Mesmo fora de casa, o Colorado tomou a iniciativa da partida com marcação alta para ocupar o campo de ataque e pressionar o Botafogo. Assim, foi criando chances de gol logo nos primeiros minutos contando com o avanço constante dos laterais.


Aos 3, a jogada veio pelo lado direito. Saravia avançou e cruzou procurando Thiago Galhardo e Gatito Fernández deu um tapa para cortar. A bola ainda sobrou para D’alessandro, mas o goleiro paraguaio conseguiu abafar o argentino e impedir o gol. 


Na sequência, porém, o Gatito não pôde fazer nada.  Aos 5, a jogada do Inter veio do outro lateral. Moisés olhou para a área e cruzou na medida para Thiago Galhardo. O artilheiro do Brasileirão cabeceou com força e abriu o placar no Nilton Santos.


Em vantagem, o Inter diminuiu a sua marcação no campo de ataque o Botafogo começou a ameaçar o gol de Lomba. A melhor chance veio aos 15, quando Rhuan ganhou de Cuesta pelo alto no cruzamento de Barrandeguy e a bola sobrou livre para Matheus Babi, que deu o carrinho e mandou por cimo O Alvinegro chegou novamente aos 25 com Guilherme Santos tabelou com Pedro Raul e chutou cruzado em mais um lance perigoso.


Quando o Botafogo vivia o seu melhor momento do jogo, o Inter conseguiu sair da pressão e fez o segundo gol aos 27. Em uma jogada bem com a característica dos times de Eduardo Coudet, Cuesta fez o lançamento na diagonal para Saravia, que passou para Boschilia. A jogada se deu de forma rápida para o ataque com D’Alessandro tocando para Galhardo, que deu o passe no espaço vazio, onde Boschilia apareceu e teve tranquilidade para bater na saída de Gatito: 2 a 0.


O segundo gol deixou o Inter tranquilo no jogo. Já nos minutos finais do primeiro tempo, Matheus Babi chegou a balançar as redes, mas o lance foi bem anulado após interferência do VAR.


As duas equipes voltaram sem mudanças para o segundo tempo, mas diante da pouco agressividade do Botafogo nos minutos iniciais, Paulo Autuori resolveu fazer duas trocas aos 12. Os meias Luiz Otávio e Bruno Nazário foram chamados para tentar melhorar a criação do time carioca e o resultado quase veio de forma rápida. Aos 15, Bruno Nazário aproveitou cruzamento da direita e mandou para as redes. O gol novamente foi anulado após interferência do VAR por falta de Matheus Babi em Patrick no meio de campo.


O lance preocupou Eduardo Coudet, que respondeu com uma troca defensiva. Damián Musto foi chamado para o lugar de D’Alessandro com Boschilia passando para o ataque. A troca serviu para frear os avanços do Botafogo, que praticamente não chegou mais perto do gol de Lomba. Passando dos 30 minutos, Coudet mandou Marcos Guilherme a campo no lugar de Patrick. O atacante chegou a perder grande chance na pequena área, mas o resultado já estava definido. Com os gols marcados na etapa inicial, o Inter venceu o Botafogo e se garantiu, pelo menos, por mais uma rodada na liderança.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer