Publicidades

06/05/2020 | 08:59 | Educação

FAHOR inova mais uma vez e transforma disciplina em hackathon

Fahor/divulgação


A inovação e o empreendedorismo estão presentes em todos os cursos da FAHOR, em eventos, atividades interdisciplinares, nas ações do Horizonte Ambiente Empreendedor, em várias disciplinas dos vários cursos como Projeto de Produto, Elaboração de Projetos, Estratégias Mercadológicas, Inovação Tecnológica, dentre outras. A disciplina de Gestão Empreendedora, presente em todos os 8 cursos da instituição sempre foi totalmente dedicada ao estudo do espírito empreendedor e nos últimos anos voltada fortemente para a prática com a construção de planos de negócios inovadores.



Inovando e avançando ainda mais, a partir da reforma curricular, e já a partir deste semestre a disciplina passou a ser desenvolvida no formato de hackathon/desafio de inovação e empreendedorismo. Originalmente, um hackathon é uma maratona realizada por profissionais de áreas diversas que se reúnem para buscar soluções criativas e inovadoras para algum problema apresentado. Essa prática já faz parte do cotidiano das empresas mais inovadoras e lucrativas do mundo e agora, com exclusividade, passa a ser curricularizada em todos os cursos da FAHOR, com todos os estudantes vivenciando uma jornada envolvente, que culmina em novos produtos e negócios.



Numa jornada de 10 semanas o desafio de inovação e empreendedorismo iniciado no dia 29 de abril, virtualmente como medida de prevenção da pandemia, teve apresentação do problema definido como “Novos negócios no mundo pós-pandemia", com objetivo de gerar novos negócios, produtos e serviços focados nas novas necessidades de saúde, segurança, novos hábitos e desejos surgidos a partir de toda a complexa realidade que vai se descortinando em todo o planeta. No primeiro encontro também foi apresentada a metodologia, as etapas, os mentores e a forma de avaliação.



Os estudantes estão formando as equipes, e na sequência das etapas serão ministradas oficinas como ideação, modelagem de negócios, análise de mercado, análise de viabilidade financeira, prototipagem e pitch e entre estas, receberão as mentorias. As oficinas e mentorias, serão desenvolvidas pelos professores Jonas Silva, Márcio Kalkmann, Gilson do Amaral, Sirnei Kach, Stephan Sawitzki, Fauzi Shubeita, Roseli Bianchi, Cláudia Verdum Viegas e Marcelo Blume.



As equipes serão avaliadas durante as mentorias, mas principalmente na banca final, onde deverão apresentar protótipos e pitches das propostas inovadoras. A banca avaliadora será constituída de convidados como empresários, consultores e investidores que avaliarão cada pitch, que é um momento muito objetivo e que concentra as informações mais importantes, para demonstrar a importância e funcionalidade do novo produto, ideia ou serviço da equipe. É desejável que parte dos negócios apresentados possam ser incubados no Horizonte Ambiente Empreendedor e/ou se transformem em novos negócios para a região e para o mundo.


Fonte: Assessoria Fahor

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer