Publicidades

06/05/2020 | 08:34 | Política

Governo revoga nomeação de maestro Mantovani na Funarte

Ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto, tornou a posse do cargo sem efeito em edição extra do Diário Oficial da União

Dante MantovanDante Mantovani foi reconduzido e retirado do cargo em menos de 24 horas - Reprodução / YouTubei foi reconduzido e retirado do cargo em


A nomeação do maestro Dante Mantovani para a presidência da Funarte (Fundação Nacional de Artes), publicada no Diário Oficial da União (DOU) na manhã desta terça-feira (5), foi revogada. Em edição extra, o DOU traz a revogação da nomeação em portaria assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto.


Inicialmente, Mantovani havia sido exonerado no mesmo dia em que Regina Duarte foi nomeada para comandar a Cultura do governo Jair Bolsonaro. Antes de assumir a pasta, a atriz já havia sinalizado que ele estaria fora de sua equipe. No entanto, nesta terça, ele foi reconduzido ao cargo - o que foi cancelado em menos de 24 horas.


A nomeação de Mantovani é mais um capítulo no processo de fritura política da atriz no governo. No final de abril, a Folha de S.Paulo revelou que o presidente Jair Bolsonaro deu aval a aliados para que dessem início a um processo de desgaste de Regina Duarte, com o objetivo de fazer com que ela peça demissão do cargo de secretária especial da Cultura.


Bolsonaro, que queria usar a imagem da atriz como cartaz do seu governo, tem criticado o distanciamento de Regina, que está trabalhando de casa em São Paulo. O presidente chegou a afirmar que a secretária tem dificuldade na condução da pasta.


A instabilidade entre Bolsonaro e Regina Duarte deve ter uma atualização nesta quarta-feira (6). Os dois irão almoçar no Palácio do Planalto, para tentar amenizar a tensão entre os dois lados.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer