Publicidades

26/04/2020 | 10:28 | Política

Jorge Oliveira, da Secretaria-Geral da Presidência, deve ser anunciado ministro da Justiça, diz site

Major da Polícia Militar do Distrito Federal é próximo da família do presidente há uma década

Jorge Oliveira (E) em foto de arquivo do dia 21 de junho de 2019 - Marcos Correa / Presidência da República/Divulgação


De acordo com informações do G1, o presidente da República, Jair Bolsonaro, deve anunciar Jorge Oliveira como novo ministro da Justiça e Segurança Pública. Atualmente ocupando a pasta da Secretaria-Geral da Presidência, ele já despontava como o mais cotado para substituir Sergio Moro. 


Major da Polícia Militar do Distrito Federal, o chefe da Secretaria-Geral é próximo da família do presidente há uma década e já ocupou cargos nos gabinetes do então deputado federal Jair Bolsonaro e do filho Eduardo (PSL-SP). A nomeação de Oliveira esbarraria na avaliação de que a indicação de uma  pessoa próxima ao chefe do Executivo nacional poderia reforçar a suspeita de que Bolsonaro tenta interferir politicamente em órgãos como a Polícia Federal (PF).


No sábado (24), Oliveira se reuniu com o chefe do Executivo nacional na residência oficial do Palácio da Alvorada. Fontes do Planalto confirmaram que o ministro, apesar de resistir, teria aceitado o cargo na Justiça e Segurança Pública.


Segundo apurou a repórter Delis Ortiz, Alexandre Ramagem, atual diretor da Agência Nacional de Inteligência (Abin), também deve ser anunciado como o novo diretor-geral da Polícia Federal. Delegado da PF, ele foi segurança de Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018.


A vaga no comando da Polícia Federal foi aberta após a exoneração de Maurício Valeixo. A saída dele do cargo motivou o pedido de demissão do ex-juiz Sergio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública, que alegou tentativa de interferência política na PF.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer