Publicidades

03/03/2020 | 21:18 | Esporte

Com dois gols de Guerrero, Inter goleia Católica na estreia pela fase de grupos

Centroavante peruano e Marcos Guilherme marcaram na vitória por 3 a 0 no Beira-Rio

Guerrero foi o grande destaque do Inter na vitória sobre a Católica - Jefferson Botega / Agencia RBS


O Inter começou sua caminhada na fase de grupos da Libertadores com pé direito. Na noite desta terça-feira, o Colorado teve sua melhor atuação na temporada e goleou a Universidad Católica por 3 a 0. Paolo Guerrero, duas vezes, e Marcos Guilherme fizeram os gols na noite de festa no Beira-Rio.


Coudet atendeu a expectativa criada após a vitória sobre o Tolima de um Inter mais ofensivo para a fase de grupos. Diante da Universidad Católica, o treinador sacou Rodrigo Lindoso e colocou Marcos Guilherme para ganhar mais velocidade e agressividade no meio-campo. No ataque, Galhardo foi escolhido para o lugar de D’Alessandro.


As presenças de Marcos Guilherme e Thiago Galhardo garantiram maior poder físico para o Inter pressionar a saída de bola da Católica. O time chileno praticamente não conseguiu sair do seu campo nos primeiros 20 minutos de jogo. A primeira chance colorada veio logo aos três minutos com Marcos Guilherme, que recebeu passe de Galhardo na área e tocou na saída do goleiro Dituro, mas a bola foi pela linha de fundo.


O Inter voltou a levar perigo aos oito, quando Galhardo tocou de calcanhar em cruzamento de Rodinei. No minuto seguinte, a blitz colorada na saída de bola deu certo com Edenilson desarmando Munder na entrada da área. Uendel e Marcos Guilherme tentaram e a finalização final veio com Thiago Galhardo que viu o gol ser impedido por Kuscevic quase em cima da linha.


Com o tempo passando, o Inter foi diminuindo a pressão. Mesmo assim, o Colorado seguiu criando jogadas. Guerrero, aos 24, e Galhardo, aos 36, tiveram as melhores chances e não conseguiram superar o goleiro Dituro. O Colorado terminou o primeiro tempo com 10 finalizações, mas sem tirar o zero do placar diante de um adversário que só ameaçou Marcelo Lomba nos minutos finais.


Na volta do segundo tempo, o Inter repetiu a pressão do começo da etapa inicial. O time gaúcho novamente empurrou os chilenos para o seu campo. Aos seis, em falta batida por Edenilson, Guerrero apareceu sozinho e não conseguiu o domínio. A melhor chance veio na sequência. Em cruzamento de Uendel, a bola passou pelo goleiro Dituro na pequena área e Thiago Galhardo, pressionado pela marcação, não conseguiu finalizar com o gol aberto.


A pressão do Inter finalmente deu resultado aos 16 minutos. Se o gol não vinha em jogadas com bola rolando, ela veio em  uma bola parada. Paolo Guerrero aproveitou uma falta que ele mesmo havia sofrido, bateu com força na bola e contou com um desvio na barreira para superar Dituro e abrir o placar no Beira-Rio: 1 a 0.


O Inter não diminuiu o ritmo após o gol. O time seguiu atacando e pressionando a saída de bola de Católica. A postura foi premiada. Pressionado, o goleiro Dituro errou na tentativa de um lançamento e deu a bola nos pés de Thiago Galhardo, que tocou para Guerrero. O peruano mostrou seu faro de gol e bateu no canto para ampliar a vantagem colorada aos 21 minutos.


A Católica estava completamente batida e o Inter chegou ao terceiro gol cinco minutos depois em uma bela jogada. De pé em pé, a bola passou por Uendel, Edenilson e Guerrero até chegar em Marcos Guilherme, que mandou para a rede: 3 a 0 e goleada no Beira-Rio.


Libertadores — Fase de grupos — 1ª rodada


INTER (3)


Marcelo Lomba; Rodinei, Bruno Fuchs, Cuesta (Praxedes, 34'/2ºT) e Uendel; Musto; Marcos Guilherme, Edenilson, Boschilia (Lindoso, 30'/2º); Galhardo (Gustagol, 36'/2ºT) e Guerrero.


Técnico: Eduardo Coudet


UNIVERSIDAD CATÓLICA (0)


Dituro; Astaburuaga (Núñez, 28'/2º), Kuscevic, Huerta e Parot; Fuenzalida, Saavedra, Aued (Piñares, 28'/2º); Munder, Zampedri e Puch (Valencia, 28'/2º).


Técnico: Ariel Holan


GOLS: Guerrero (I), aos 16 e aos 21, Marcos Guilherme (I), aos 26 min. do segundo tempo.


CARTÕES AMARELOS: Cuesta, Thiago Galhardo, Boschilia (I); Aued, Parot (UC)


CARTÃO VERMELHO: Huerda (U).


PÚBLICO: 35.863 (total).


RENDA: R$ 1.416.600,00.


ARBITRAGEM: Angel Arteaga, auxiliado por Luis Murillo e Carlos Lopez (trio venezuelano).


LOCAL: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)


Próximo jogo


Inter x Brasil-PEL


Domingo - 8/3/2020, às 19h


Beira-Rio - Gauchão

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer