Publicidades

01/03/2020 | 12:06 | Esporte

Inter larga na frente, mas cede empate ao Caxias pelo Gauchão

Jogo, pela primeira rodada do segundo turno, terminou em 1 a 1

Partida no Centenário abriu o segundo turno do Gauchão para Caxias e Inter - Tadeu Vilani / Agencia RBS


O Inter empatou por 1 a 1 com o Caxias na noite deste sábado (29), no Centenário, na abertura do segundo turno do Campeonato Gaúcho. Eduardo Coudet escalou o time reserva e preservou os titulares para a partida contra a Universidad Católica, pela Libertadores, na próxima terça-feira. Thiago Galhardo, de pênalti, marcou o gol colorado no primeiro tempo, enquanto Laércio igualou o placar na etapa final.


A decisão de Coudet de preservar os titulares deu chance para jogadores pouco utilizados mostrarem serviço. As principais atenções da equipe alternativa estavam no ataque, onde Gustagol fazia sua estreia atuando ao lado de Thiago Galhardo. Companheiros no setor ofensivo, os dois ao mesmo tempo travavam uma disputa para ocupar a vaga do suspenso D'Alessandro para o jogo contra a Universidad Católica.


Nos primeiros minutos do jogo no Centenário, Gustagol e Thiago Galhardo sofreram com a pouca criação do time colorado. No outro lado, o Caxias estava longe de mostrar o futebol que o levou a ganhar o primeiro turno do Gauchão. Assim, a partida foi de poucas emoções.


Mesmo sem mostrar uma grande atuação, o Inter teve chance clara para abrir o placar aos 14 minutos. Thiago Galhardo apareceu como assistente e serviu Patrick, que saiu livre com Marcelo Pitol e desperdiçou. O volante bateu por baixo na saída do goleiro, que fez a defesa com o pé.


O jogo parecia se arrastar para um cenário sem gols até que Eduardo Diniz deu uma mão para o Inter aos 31 minutos. Em falta batida por Marcos Guilherme para a área, ele agarrou Rodrigo Moledo e cometeu um pênalti infantil. Coube a Thiago Galhardo fazer a cobrança. Com categoria, ele esperou Pitol cair no canto esquerdo e bateu firme para abrir o placar: 1 a 0.


O gol colorado fez o Caxias adotar uma postura mais ofensiva para tentar o empate. No entanto, faltou qualidade ao time da Serra, que praticamente não levou perigo a Marcelo Lomba.


O Inter teve oportunidade para o segundo gol após erro de Thiago Sales. Galhardo ficou com a bola e acabou chutando para fora. Nos acréscimos, os mandantes pediram pênalti em lance com Gilmar na área vermelha, mas o árbitro Douglas Silva optou por mandar seguir.


A partida seguiu em ritmo lento no segundo tempo, mas, como na parte final da primeira etapa, com o Caxias tendo a iniciativa. O Inter raras vezes chegava ao ataque. Em uma dessas ações ofensivas, aos 13, Thiago Galhardo pediu pênalti em uma disputa com Juliano — nada foi marcado por Douglas Silva.


Pouca coisa acontecia no segundo tempo, e Coudet foi tratando de mexer na equipe para preservar jogadores que devem atuar na terça-feira pela Libertadores. Marcos Guilherme saiu para a entrada de Guilherme Pato, aos 18, e Thiago Galhardo para que jogasse Pottker, aos 27.


Enquanto o Inter parecia já pensar na Libertadores, o Caxias seguiu buscando o empate. E ele veio em uma bola aérea. Aos 35 minutos, Laércio ganhou a disputa com Rodrigo Moledo pelo alto em cobrança de escanteio e cabeceou sem chances para Marcelo Lomba. Antes do apito final, Zé Gabriel ainda levou cartão vermelho. O placar final ficou em 1 a 1 para um jogo de poucas emoções no Estádio Centenário.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer