Publicidades

31/10/2019 | 09:50 | Geral

RS registra vento de 130 km/h e queda de granizo na madrugada

Rajadas atingiram Lagoa Vermelha, no norte do Estado

Começo da manhã de hoje (31) em Três de Maio - Paulo Marques Notícias


O Rio Grande do Sul teve vento de até 130 km/h na madrugada desta quinta-feira (31) em Lagoa Vermelha, no Norte, de acordo com a Somar Meteorologia. Conforme o Corpo de Bombeiros local, pelo menos seis árvores caíram, casas foram destelhadas e grande parte da cidade está sem energia elétrica. Lonas foram distribuídas para a população, mas ainda não há informações sobre desalojados. 


Em Santa Rosa, no noroeste do Estado, uma forte ventania atingiu a cidade por volta das 5h. Os bombeiros receberam chamados de casas destelhadas nos bairros Planalto e Auxiliadora. Ainda não há um balanço de quantos imóveis foram atingidos na cidade. Ventos e granizo tamb´me foram resgitrados nesta manhã em Crissiumal e Três de Maio.


Pelo interior do Estado, também houve relatos de queda de granizo em Augusto Pestana, no Noroeste. As pedras caíram por cerca de cinco minutos na cidade. O Corpo de Bombeiros, no entanto, não registrou maiores danos em imóveis.


Pelas rodovias do Interior, a queda de árvores causou bloqueios ainda na noite passada em trechos da BR-386, em Lajeado, e da BR-158, na região de Santa Maria. As vias, no entanto, já estão liberadas. 


Capital também tem estragos


Em Porto Alegre, a Defesa Civil atendeu pelo menos 65 ocorrências de danos em imóveis em função do granizo registrado no final da noite desta quarta-feira (30). Cerca de 400 metros de lonas foram distribuídos a 85 famílias da zona sul da Capital. O bairro mais afetado foi o Lami, no extremo sul da cidade.


— A Defesa Civil está acompanhando todas as ocorrências e prestando auxílio a todos os moradores afetados pelos temporais — afirmou Cesar Franke, chefe de operações da Defesa Civil de Porto Alegre.


Falta de energia elétrica


Segundo os últimos balanços das companhias de energia, são 151,7 mil pontos sem luz em todo Estado. Na área da CEEE, são 57,7 mil  imóveis sem energia, principalmente na região sul do Estado. Já em municípios atendidos pela RGE são 94 mil pontos sem energia.

Fonte: Paulo Marques Notícias

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer