Publicidades

18/08/2019 | 07:45 | Esporte

Com golaço de David Braz no fim, reservas do Grêmio empatam com o Palmeiras no Brasileirão

Equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, novamente na Arena, pela primeira partida das quartas de final da Libertadores

Zagueiro marcou seu segundo gol com a camisa do clube gaúcho - Mateus Bruxel / Agencia RBS


Grêmio e Palmeiras empataram por 1 a 1 na noite deste sábado (17), na Arena, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo, que serviu como aperitivo para o confronto da próxima terça-feir pelas quartas de final da Libertadores, era vencido pelos paulistas até os 42 do segundo tempo, quando Daviz Braz acertou um lindo chute para vencer Weverton e garantir o empate para o Tricolor.


Com times reservas, o jogo desta noite mostrou um cenário semelhante ao que Grêmio deverá encontrar na próxima terça-feira, pela Libertadores. O Palmeiras não se preocupou em ter a bola na Arena. O time paulista baixou a marcação, esperou no seu campo e deixou o Tricolor tocar até a intermediária de ataque. Ali, pressionava para tentar roubar e iniciar o contra-ataque.


Dessa forma, o Alviverde construiu uma vantagem de 1 a 0 no primeiro tempo, que poderia ter terminado tranquilamente em dois ou até três gols de diferença. Logo no primeiro lance do jogo, o Palmeiras já mostrou o que estava por vir. Borja recebeu pela esquerda e cruzou uma bola que chegou para Thiago Santos. A sorte gremista foi que o volante errou o chute.


Aos 14 minutos, porém, o Grêmio não teve a mesma sorte. Dudu recebeu Hyoran, não tomou conhecimento da marcação de David Braz, fez o corte no zagueiro e chutou para vencer Julio César e abrir o placar na Arena. A essa altura, o Tricolor tinha 78% de posse de bola, mas não havia finalizado ainda. A equipe gaúcha terminou o primeiro tempo com a posse em 70%, mas com apenas três chutes – nenhum deles na direção do gol de Weverton.


O Palmeiras era direto e rápido quando tinha a bola. Aos 28 minutos, Hyoran apostou na jogada individual, passou pela marcação de David Braz e chutou, mas Julio César fez a defesa que impediu o segundo gol. A equipe paulista chegou a balançar as redes aos 35. Em mais um contra-ataque puxado por Dudu, Borja cruzou e Hyoran, de cabeça, marcou. O gol, no entanto, foi anulado por impedimento bem marcado do atacante colombiano.


Borja teve ainda duas chances para marcar. Na primeira, ele se aproveitou de recuo errado de Léo Moura, tentou driblar Julio César, mas o goleiro gremista se recuperou a tempo de mandar a bola para escanteio. Na sequência, o colombiano recebeu de Dudu e chutou para nova defesa de Julio César. Ainda antes do intervalo, Dudu teve outra chance e acabou desperdiçando.


Na volta do intervalo, Renato Portaluppi apostou na entrada do meia-atacante Patrick no lugar do volante Darlan. Com isso, Thaciano foi recuado. Felipão mexeu pela primeira vez aos nove, mandando a campo mais um titular: Marcos Rocha, na vaga de Mayke. Outro titular, Bruno Henrique entrou na sequência no lugar de Matheus Fernandes.


O Grêmio foi mais agressivo com a presença de Patrick e Thaciano aparecendo por dentro. Seguiu faltando ainda maior poder de finalização ao time gremista. A primeira da segunda etapa veio justamente após uma bonita jogada de Thaciano. Ele tocou para Léo Moura, que bateu fraco para tranquila defesa de Weverton.


Diante da dificuldade gremista para criar chances apesar da melhora em relação ao primeiro tempo, Renato Portaluppi mandou Everton a campo aos 26 minutos. O camisa 11 entrou no lugar de Luan, que teve uma atuação apagada, mas ainda assim foi aplaudido pela torcida. Logo depois, Léo Moura sentiu lesão e teve de sair. A aposta foi ofensiva, a entrada do atacante Luciano.


O Grêmio tinha Everton, Luciano, Tardelli, Pepê e Patrick em campo, mas foi um zagueiro quem evitou a derrota. Aos 42 do segundo tempo, David Braz confirmou a fama de zagueiro artilheiro. Dessa vez não foi em um lance pelo alto, mas com lindo chute de fora da área, ele mandou no ângulo e venceu Weverton para empatar a partida. Agora, tudo é Libertadores para os dois clubes.