Publicidades

29/06/2019 | 06:31 | Geral | Três de Maio

Governo Municipal assina termo de adesão ao Movimento HeForShe

Município é o primeiro da região a aderir ao movimento pela luta de igualdade de gênero

Assessoria de Imprensa


O governo Municipal de Três de Maio trabalha com políticas públicas de inclusão, e desta forma na última quinta-feira, 27 de junho, foi assinado entre Governo Municipal e Assembleia Legislativa o termo de adesão do Movimento HeForShe, traduzido para o português, eles por elas. 


O movimento tem como objetivo trabalhar questões ligadas à igualdade de gênero e violência contra a mulher. A assinatura do termo foi realizada na Câmara de Vereadores com a presença de lideranças municipais, vereadores e comunidade tresmaiense.


De acordo com prefeito municipal, Altair Copatti, “a administração municipal preza pelo convívio cada vez melhor entre homens e mulheres. Que a igualdade prevalece e que a gente possa diminuir a violência e que a tolerância seja nosso foco, todos assumindo a responsabilidade conseguiremos conquistar nossos objetivos”.


Logo após a assinatura do termo de adesão ao movimento o Deputado Estadual e coordenador do Comitê Gaúcho ElesPorElas, Edegar Pretto, realizou um bate papo sobre o Movimento HeForShe e sobre o atual cenário das mulheres na sociedade e na luta por seus direitos.


De acordo com a Secretária de Políticas da Mulher, Márcia Herbertz, Três de Maio é a primeira cidade a aderir ao Programa em toda região. “as primeiras ações a serem realizadas no município serão a criação do Programa de Prevenção e reeducação dos meninos e homens estabelecendo parcerias com instituições locais da sociedade, nas empresas, Igrejas e escolas para a eliminação de todas as formas de discriminação e da violência contra as mulheres e meninas, buscando apoiar e fortalecer assim o trabalho já existente no Fórum local”.


Em Três de Maio a vítima de violência pode se dirigir ao Centro Flor de Liz, na Av. Uruguai, 644 e pelos telefones 55 3535 3900 e na Secretaria de Políticas da Mulher pelo fone 55 3535 8770. E também a denúncia pode ser feita à Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180, que é uma ligação gratuita e confidencial que funciona 24 horas por dia em todo o Brasil. Também pode-se chamar a Brigada Militar que imediatamente atende a situação através do fone 190.

Fonte: Caroline Cassel/Cordenadoría de Comunicação PM-Três de Maio

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer