Publicidades

01/05/2019 | 21:48 | Esporte

Grêmio sai na frente, mas cede empate para o Avaí pelo Brasileirão

Rômulo abriu o placar, porém Michel fez contra e impediu primeira vitória gremista no campeonato nacional

Luan voltou a ser titular, mas foi sacado no segundo tempo - LUCAS UEBEL / Divulgação / GREMIO FBPA


Em um jogo feio e com pouquíssimas chances de gol, Grêmio e Avaí empataram em 1 a 1, nesta quarta-feira (1), na Ressacada. O time gaúcho abriu o placar aos 44 minutos do primeiro tempo, em bela cabeçada do volante Rômulo após cruzamento de escanteio batido pelo argentino Montoya, e levou o empate aos 39 da etapa final, com Michel, contra.


Os dois treinadores surpreenderam nas escalações. Renato Portaluppi mandou a campo um time misto, com Michel improvisado na zaga, Juninho Capixaba na esquerda, Rômulo na primeira função do meio, uma linha ofensiva com Montoya na direita, Luan centralizado e Tardelli na esquerda, além de Vizeu como centroavante. Geninho optou por seguir os passos do santista Jorge Sampaoli — que teve sucesso contra o Grêmio na estreia do Brasileirão — e utilizou três zagueiros.


Mas o início de jogo deixou claro o que as duas equipes tentariam na partida: o Tricolor valorizava a posse de bola, enquanto os catarinenses tinham como objetivo aproveitar os erros do adversário para escapar ao ataque. E as primeiras chegadas à frente foram do time da casa, que conseguiu finalizar de longe e em bola alçada para a área, ambas sem perigo. Restou aos gremistas reclamar de um puxão de Marquinhos Silva na camisa de Felipe Vizeu, aos 23 minutos, dentro da área dos donos da casa. O árbitro não marcou nada, nem mesmo o VAR interferiu no lance, que terminou com um cruzamento errado de Capixaba.


O Grêmio não tinha conseguido ameaçar a meta defendida por Vladimir até os 44 minutos do primeiro tempo, quando Montoya cobrou escanteio na direita de ataque e Rômulo subiu alto, antecipando o lateral-direito Alex Silva, e cabeceou para o fundo das redes. Foi o 1 a 0 em uma etapa inicial ruim, com muitos erros de passes e balões para frente, por parte de ambas as equipes.


— Foi um gol importante. Nós sabíamos da força do Avaí aqui dentro (da Ressacada). Foi um bom primeiro tempo, um primeiro tempo consciente, e graças a Deus consegui fazer o gol no fim do primeiro tempo — destacou Rômulo na saída para o intervalo.


Para tentar buscar uma reação na partida, Geninho sacou o volante Matheus Barbosa e mandou a campo o meia André Moritz no intervalo. Mas o segundo tempo seguiu na mesma tomada da etapa inicial: mais erros do que acertos e raríssimas finalizações. O Avaí insistia em jogar bolas para dentro da área do Grêmio, e o Tricolor seguia trocando passes atrás de um espaço para chegar perto do gol adversário — ambos sem sucesso em suas tentativas.


Aos 15 minutos do segundo tempo, foi a vez do Avaí reclamar pênalti. Após cruzamento de Alex Silva, Geromel tenta o corte, mas Getúlio recupera e cai depois de chocar-se com Capixaba. Mais uma vez, Wagner Magalhães sequer precisou da ajuda do árbitro de vídeo para entender que nada de irregular havia ocorrido no lance.


Para tentar sair do campo defesa, Renato resolveu mexer no time aos 19 minutos. Tirou Luan e Vizeu, que não faziam boa partida, e colocou Thaciano e Everton. Assim, Tardelli passou a jogar centralizado até a entrada de André em seu lugar, aos 25. O Grêmio até ganhou em velocidade, mas continuou sem assustar o goleiro Vladimir, que não fez uma defesa sequer ao longo dos 90 minutos — mais acréscimos.


Era o Avaí quem tinha o domínio das ações ofensivas, ainda que sem perigo. Paulo Victor precisou interceptar diversas bola alçadas na área, além de defender chutes e cabeçadas fracas do time adversário. Aos 39, porém, Everton perdeu uma bola para Betão e levou uma janelinha do zagueiro, que tocou para João Paulo. Ele cruzou e Michel desviou contra a própria meta: 1 a 1.


Depois do empate, só deu tempo para o Tricolor reclamar novo pênalti, após a bola bater no braço de André Moritz dentro da área do Avaí, em rebatida do goleiro Vladimir. Novamente o árbitro entendeu como lance normal. E foi assim que o Grêmio viu escapar dois pontos que seriam importantes para a equipe se recuperar da derrota na estreia do Brasileirão.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer