Publicidades

02/01/2019 | 06:58 | Praia Notícias | Geral

Tarifa do pedágio de Bombinhas é reajustada

O aumento é de 4% e corresponde ao reajuste anual da Unidade Fiscal de Referência do Município

Cobrança de taxa ambiental começou em 2015 - Marcos Porto / Agencia RBS


A taxa de Preservação Ambiental (TPA) de Bombinhas, em Santa Catarina, foi reajustada na primeira hora desta terça-feira (1º), logo após a virada de ano. O aumento é de 4% e corresponde ao reajuste anual da Unidade Fiscal de Referência do Município (UFRM), que serve como base de referência para a cobrança de taxas municipais.


Como os valores da TPA são arredondados, o preço para motos, que é de 1 UFRM, permanece o mesmo: R$ 3. Para quem entra na cidade de carro, o aumento corresponde a R$ 1 – o pedágio passa a custar R$ 27,50. A maior diferença é para os ônibus, que terão taxa R$ 5 mais cara.


A TPA de Bombinhas é cobrada durante a temporada de verão, de 15 de novembro a 15 de abril. De acordo com o Portal da Transparência, foram arrecadados, em 2018 (até 29 de dezembro), R$ 880 mil. 


No último verão, a arrecadação foi de R$ 7,8 milhões. A prefeitura tenta reduzir a inadimplência, que chega 50% das taxas. Este ano, após firmar acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran)_ a cidade foi a primeira no país a ter acesso a dados do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) _ a prefeitura passou a enviar a cobrança para a casa dos devedores, o que tem trazido resultado na recuperação de receita. Os motoristas notificados injetaram no caixa da prefeitura pouco mais de R$ 2 milhões nos últimos meses.


Confira os novos preços:


- Moto - R$ 3


- Veículos de pequeno porte - R$ 27,50


- Camionete - R$ 41,50


- Van/microônibus - R$ 55


- Caminhão - R$ 83


- Ônibus - R$ 138

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer